Facebook(.com.br?)

by

Não resisti e entrei no mundo do Facebook. Entrei por simples curiosidade, admito. Nada por enquanto me interessou a fazer parte da maior rede social da internet (e olha que isso já seria um motivo e tanto para me convencer).

E também por curiosidade fui atrás das estatísticas: 84.153 membros da rede Brasil, número modesto e bem tímido comparado ao Orkut. Realmente o brasileiro não descobriu o Facebook… as razões para isso? Bom, podemos citar várias, mas meu “achismo” vai direto para o quesito Orkut. Não espere encontrar toda a turma que você já tem (ou teve) no Orkut por aqui. Aliás, se você acha que Facebook é igual ao Orkut, é melhor não entrar – se você for extremamente resistente ou se não souber pelo menos ler inglês.

Já que o Facebook teve sua origem da idéia de estudantes que queriam criar networks entre faculdades, logo você verá que tudo é baseado em network. E que rede bem estruturada. Você se perde para encontrar alguém no Orkut? Pois aqui você pode ter menos trabalho, pelo menos em se tratando de localizações geográficas. Escolha a network do país e até do estado que você quer (mas não se iluda que vai encontrar os estados brasileiros). Cada lugar é uma network.

E as comunidades? Aqui são tratadas como grupos. Mas pelo que eu pude perceber, não é o atrativo do Facebook, já que as networks estão em mais destaque – sempre seguindo o objetivo original: fazer networking. Fiquei pesquisando pelos grupos que criaram no network Brasil e vi que a cultura Orkutiniana ainda reina entre os tupiniquins: “Desisti do Orkut, agora é Facebook”, “Mulher não se pega, se conquista!” e por aí vai. Decepcionante. Já que o número total de brasileiros no Facebook não chega a 100 mil, logo cada comunidade não alcança 200 membros (exceto pelo grupo “Brasil”, que também não tem número expressivo, pouco mais de 1.700 pessoas). Entretanto, é válido lembrar que não somos os únicos criativos. Selecione a opção global e você vai se deparar (pelo menos foi o primeiro resultado que me retornou) com o seguite grupo: “Kids Who Hid In Dep’t Store Clothing Racks While their Mom Was Shopping”. Espanto meu foi o número total de membros, quase 160 mil.

Além dos recursos tradicionais como upload de fotos e de vídeos, há outros bem interessantes como Upcoming Events (o que é uma cópia lavada do MySpace), Discussion Boards e o The Wall, uma espécie bem interessante de mural de recados que todos que participam da network do Brasil podem visualizar.

Diante de tantas interações entre internautas que adoram compartilhar seus interesses úteis e inúteis, também há espaço para atividades comerciais: Marketplace. Há anúncios que vendem desde aluguel de apartamento para Carnaval (“Carnival Renting”) até raqueteiras.

Percebe-se que o Facebook está anos-luz a frente do Orkut, tanto no que se diz de recursos para usuários como para as empresas. Para se ter uma idéia, é possível criar “páginas” com uma breve descrição da organização, suas atividades e o link do website, sendo que qualquer um pode ser um “fã” dessa página (bem mais criativo e inteligente do que ser fã de uma pessoa, como acontece no Orkut).

Várias empresas já descobriram essa nova e eficiente ferramenta de comunicação para expandir sua brand awareness. Os investimentos são grandes, como pudemos ver a Microsoft, que injetou meros US$ 240 milhões. E o Brasil, o que está esperando? O Facebook foi lançado em 2004, mas nós nos damos conta de que ele existia de uns dois anos para cá. Não é uma oportunidade somente para as empresas, mas para os próprios internautas que entram; várias são os grupos que tratam somente de mercado de trabalho. Não podemos esperar a conveniência de que o Facebook seja traduzido (ou pelo menos adaptado) para a língua Portuguesa, assim como aconteceu com o Orkut, You Tube e MySpace.

Então… você já tem Facebook?

Notícias complementares:
MS rebate críticas a investimento no Facebook
Orkut versus Facebook: confira a opinião de um blogueiro brasileiro sobre os sites

José Brandão & Jacacarambola

Tags: , , , , , ,

10 Respostas to “Facebook(.com.br?)”

  1. gabriel Says:

    essa droga nao presta

  2. legis Says:

    estava procurando algo sobre o facebook… vi em uma revista e logo me deu a curiosidade de entrar, quando coloquei na google e apareceu esse blog, já criei minha conta, por enquanto não tenho o que reclamar, (não deu tempo ainda), criei hoje e me parece legal… espero que mais brasileiro o descubram, bom, tentari fazer com que algums amigos criem suas contas… se quiser torna-se meu amigo, o e-mail é o mesmo acima e o nome é Legis Lima.
    beijo e boa noite.

  3. Alvaro de Lima Says:

    Gostaria de entrar no Facebook, pois esse blog me deu a idéia. Como será possível? Você está de parabéns pelos escritos Carambola. Sou Alvaro de Lima, de Jataí, Goiás Brasil.

  4. Says:

    Alvaro, obrigado pela visita e fique a vontade para me adicionar no Facebook. Eu mesmo não costumo entrar muito, mas quem sabe a minha network não aumenta.😉

  5. Aline Says:

    Oiiii qro partipar

  6. nana Says:

    ola qro muito participar

  7. nana Says:

    oi !!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. MARCOS AMARAL Says:

    ola…estou de passagem pra dar aquele beijo no coraçao de toda gente…..xau

  9. Marcos pereira Says:

    ai gente…..bum demais gostei bastante dessa versão de blog viu ai de mim se naum fosse o facebook…pq senaum naum poderia me comunicr com um pessoa que significa muito pra mimm e que mor longe…ai grçs a Deus existe msn e facebook viu!!!!

  10. edson Says:

    legal só saber mexer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: