Mídia alternativa – até na hora do café

by

Hoje realizei a via sacra para tirar segunda via do meu RG (não é mais a segunda, modo de dizer) e resolvi ir de metrô. O calor não me permitiu andar pelo centro movimentado – sujo e barulhento – de São Paulo. Na estação da Sé, reparei que tinha uma máquina de snacks com uma telinha acoplada logo acima da vitrine de produtos. Estava passando um trailer de filme da Universal Pictures. Sei que não é de agora que as mídias estão invadindo com criatividade lugares até então nunca explorados como advertising.

Antigamente (não vamos exagerar, há uns 5 ou 6 anos) mídia alternativa se limitava à bicicletas (as construtoras ainda usam desse recurso para divulgar suas edificações na região – só as meninas balaçando bandeira no farol não é o suficiente), táxis e ônibus. Todas externamente. E acredito que a mídia alternativa tornou-se uma necessidades dos anunciantes, já que em São Paulo ainda está em vigor a lei da poluição visual, ou seja, nada de outdoors e placas de lojas muito ostensivas – pontos de ônibus são meios muito disputados para chamar a atenção dos que aguardam impacientemente pelo transporte.

M�dia alternativa criativa

A mídia alternativa impressa possui grandes vantagens, pois consegue se adaptar facilmente em qualquer espaço, por mais impossível que pareça: escadas rolantes, em cima de mictórios e até catracas (aproveitando que eu vou falar do metrô). Os cartões postais, por exemplo, viraram moda em barzinhos, cafés, padarias e outros tipos de estabelecimentos comerciais. Eu mesmo sou colecionador dessas pecinhas retangulares (já enchi uma gaveta do meu armário) e páro, onde quer que esteja, se tiver um display à vista – a Jokerman e a Mica são as empresas responsáveis pela impressão e distribuição, não só em São Paulo mas em outras capitais brasileiras.

Quando não impressa, a mídia digital se traduz pela grandeza dos painéis eletrônicos expostos em alguns pontos da cidade. Mas não só com painéis gigantescos é possível impactar seu público-alvo. Os monitores LCD estão expostos publicamente em shoppings (um caso diferente é o display vertical da Elemídia Mall), aeroportos e em elevadores. É com base nesse tipo de mídia eletrônica, cada vez mais compacta, que os anunciantes estão conseguindo literalmente entrar na rotina dos transeuntes.

Exemplo disso é o BusTV, sistema interno de TV que transmite uma programação especial em monitores de LCD dentro dos coletivos urbanos. No metrô também não é diferente. Além das mídias que já estamos acostumados a ver, o TVMinuto é encontrado dentro dos vagões, cuja programação também possui conteúdo específico e curto de imagens (se tem som, nunca consegui ouvir, já que o barulho durante a passagem dos túneis é ensurdecedor). Já a máquina de snacks que vi rapidamente é da Café Mídia, que também veicula em máquinas tradicionais de café expresso e bebidas quentes.

Quando falamos em mídia digital, pensamos imediatamente na mídia proveniente da internet. Entretanto, não só porque é digital que deve ser através da web.🙂

P.S.: levei um certo tempo para finalizar esse post por causa da demora em pesquisar os tipos de mídia que queria publicar. Cheguei a uma conclusão: o banheiro é um dos lugares mais criativos.

Axe

Kill Bill

Polaroid

Smirnoff

Confira essas peças e muitas outras em: AdVertigo e Comunicadores de Plantão.

José Brandão & Jacacarambola

Tags:

2 Respostas to “Mídia alternativa – até na hora do café”

  1. suzanacohen Says:

    Só um parêntesis pro caso de tirar segunda via de documentos… Ontem, discutindo com um colega sobre o “advogado do futuro” (J+), entramos no mérito da certificação digital e tendências. Acho que em breve a saga de ir no centrão em busca de cartório pra tirar segunda via de certidões, por exemplo, vai acabar. Você poderá ter acesso ao documento que for (no caso de certidões) – em formato digital – pela internet, autenticado, certificado, sem ter que se deslocar. Uma maravilha! Só que nisso você vai acabar perdendo a experiência antropológica de andar pelo centro e, muito provavelmante, não vai ver a mídia alternativa do cafezinho, rs

    Gostei dos anúncios de banheiro, realmente ótimos!

  2. Says:

    Suzana, meu sonho é fazer tudo pela internet. Não suporto toda essa burocracia para emissão de documentos. Espero que essas tendências se concretizem o quanto antes!🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: