Heroes: seja o roteirista

by

Heroes

Acho que a greve dos roteiristas inspirou de alguma forma os brasileiros. Para chamar atenção dos fãs que aguardam (nem tão) ansiosos a estréia da segunda temporada de Heroes por aqui, a Universal Channel criou uma seção com seis cenas inéditas – teoricamente inéditas -, cujas legendas você mesmo pode criar. Solte a imaginação e envie por e-mail para quem você quiser. De quebra, ainda tem o link para o blog oficial do seriado.

Por falar em séries, está se tornando uma atividade cada vez mais comum assistir seriados que ainda não cruzaram a fronteira do nosso país. Pirataria? De maneira alguma – até certo ponto. O primeiro site a se aventurar foi o IsFree.TV, que disponibilizava episódios com legendas em português em links para download, como Rapidshare e Megaupload. Para agilizar o download, todos os episódios eram gravados em RMVB, que compacta o vídeo sem perder muito a definição original da imagem (e é bem mais leve que um arquivo AVI). O hobby era amador, até que então quase se tornou profissional. A demanda foi tão grande que eles tiveram de fechar o site temporariamente por “falta de espaço”, ou seja, o servidor do site já não comportava tantos acessos.

A moda pegou, a fama se espalhou. E, claro, chamou (e muito!) a atenção das autoridades. O site foi acusado de incentivar a pirataria, assim como agir como cúmplice distribuindo os episódios ilegalmente. Ilegalmente? Os episódios eram gravados dos canais norte-americanos, pois lá os seriados são transmitidos primeiro (ou são os canais brasileiros que demoram para transmitir para nós?), eram traduzidos e disponibilizados para fazer download. É algum crime “gravar”? Gravar não, mas gravar e começar a vender, fazendo propaganda em comunidades no Orkut para atingir diretamente seu “público”, é crime sim! Pois foi o que aconteceu.

Entretanto, há pessoas que vêem essa ameaça como uma oportunidade. O seriado Dexter (que ainda está no final da primeira temporada aqui no Brasil pela Fox), teve um caso bem curioso. A poucos dias de estrear a segunda temporada, os dois primeiros episódios vazaram na internet. A Showtime, que transmite o seriado nos Estados Unidos, culpou os jornalistas que receberam os DVDs promo desses episódios de anteciparem a surpresa dos telespectadores. Bela desculpa e uma senhora manobra de marketing. Nem por isso o seriado foi prejudicado, tanto que é um dos programa de TV norte-americanos com maior audiência.

A polêmica é exatamente a mesma que há quase 30 anos, só mudou a tecnologia. Foi exatamente a mesma coisa quando lançaram a fita cassete, quando lançaram a fita VHS… agora são CDs e DVDs. Onde estão os direitos autorais de quem produz? Quem lhe dá o direito de distribuir? Se você comprou, não é seu? Essas e outras centenas de perguntas e discussões transbordaram e continuam se cruzando até hoje. Bom, tudo tem seus prós e contras. E você… o que acha?

Para brincar de roteirista de Heroes, clique aqui.

José Brandão & Jacacarambola

Notícias complementares:
Download com dias contados? Começa a caça aos sites de legendas
NBC Preparada Para Colocar Séries Para Download Gratuito
Após briga com Apple, NBC anuncia serviço de download de episódios

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: