Da jaca à carambola

by

Por que jaca? E por que terminar com carambola? A primeira fruta é grande, pesada, um estorvo; por dentro é um emaranhado de caroços, um labirinto, a complexidade da complicação. Aqui nasce o brainstorming. Já diz a expressão “enfiar o pé na jaca”. Para quem já enfiou e esmagou alguns caroços, a tempestade no copo d’água também começa a ficar mais forte. A tempestade aqui é de idéias, opiniões, acordos e desacordos. A luz no fim do túnel é a carambola, quase doce, pequena, delicada. É o resultado, quando em parte ou quase todo resolvido, do tamanho da jaca que se reduz à carambola.

Esse é o nosso objetivo: gerar o brainstorming e fazer com que todos pensem, discutam, reflitam, gritem, cheguem a um consenso; e mesmo se não tiver o censo, não tem problema. Não nos importamos com a jaca pisada e seus caroços esmagados. Sempre vai ter alguém para chegar na carambola.

João Carlos Pastore & Jacacarambola

Tags: ,

2 Respostas to “Da jaca à carambola”

  1. Kristin Hayes Says:

    This is my photo. Posting it is a violation of copyright. Please delete it from your site.

  2. Says:

    Your photo has been deleted. Sorry for any inconvenience.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: